Abacate é um alimento delicioso e cheio de benefícios.

Sabedores disso, vamos ensinar um truque simples para que você possa congelá-lo e garantir que ele dure mais tempo.

Afinal de contas, todo mundo sabe que essa fruta não pode demorar muito do lado de fora da geladeira porque logo começa a ficar mole e escura.

Isso acontece graças ao polifenol oxidase, que é uma enzima presente nos abacates.

Ela reage com o oxigênio quando a fruta é exposta ao ar.

Assim, a superfície rapidamente começa a ficar marrom.

Não tem problema comer nos primeiros minutos, mas se deixar para depois...

Digamos que, no mínimo, o abacate já deixa de ser apetitoso.

As pessoas fazem uma variedade de coisas para tentar manter seus abacates frescos.

Algumas até borrifam suco de limão na superfície da polpa da fruta.

Não adianta.

Uma hora, o abacate fica escuro do mesmo jeito.

Há quem refrigere o abacate, mas esta é uma péssima ideia porque isso estraga do mesmo jeito.

A melhor solução é congelar a fruta.

Veja como é simples:

Você vai precisar do abacate, de uma faca de cozinha afiada, um saco de congelamento para ser zipado/selado e o suco de um limão.

CURA PELA NATUREZA - LEIA AQUI AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Não tem segredo!

Basta tirar toda a polpa da fruta e cortar em pequenos pedaços.

Feito isso, coloque tudo dentro do saco de congelamento.

Depois esprema o limão para que ele ajude a preservar os pedaços de abacate.

Por fim, certifique-se de tirar todo o ar de dentro do saco, feche direitinho e leve ao congelador.

Desse jeito, o abacate pode durar até quatro meses.

Não é incrível?

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Loading...

TV Cura pela Natureza - assista agora




Imagens vistas recentemente

Entre em contato

Queremos receber sua opinião

Se você tem uma crítica, sugestão ou quer nos indicar uma receita/tratamento caseiro, entre em contato conosco

curapelanaturezablog@gmail.com

Continue conectado

Esclarecimento

Este blog tem a finalidade de ajudar, mas não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.